Como Aumentar a Lubrificação Feminina? Os Melhores Métodos Caseiros!

O ressecamento vaginal pode estar presente em mulheres de diversas idades. Isso faz com que muitas mulheres se perguntem como aumentar a lubrificação feminina. Além disso, o excesso no consumo de álcool, estresse, pouco consumo de água e até mesmo o ciclo menstrual podem influenciar.

O fato é que esse é um problema muito comum também na menopausa e que causa um grande desconforto, independentemente da idade. Portanto, se você quer saber como aumentar a lubrificação feminina, continue lendo descubra tudo o que você precisa saber sobre o assunto. Vamos lá?!


O que é a lubrificação vaginal?

A lubrificação vaginal nada mais é do que um líquido produzido no cervix (colo do útero). Ele atua umedecendo a vagina e também removendo as células mortas.

Essa lubrificação, normalmente, possui um pH entre 3,8 e 4,2, sendo considerada levemente ácida. Com isso, o corpo se protege de possíveis infecções a região.

Quando a mulher fica excitada, ocorre um aumento da lubrificação vaginal. Isso, graças a uma ajuda das glândulas de Bartholin, que ficam na entrada da vagina.

Mais do que tudo isso, a lubrificação vaginal tem como sua principal função tornar o canal vaginal mais escorregadio, Com isso, durante a relação sexual, o pênis pode penetrar com maior facilidade.

mulher com mão na virilha

Medicamentos que aumentam a lubrificação feminina

Uma pergunta muito frequente é como aumentar a lubrificação feminina com medicamentos. Primeiramente é preciso lembrar que a falta dessa lubrificação pode estar relacionada a uma série de fatores. As causas podem ser:

  • Menopausa
  • Falta de estrogênio
  • Amamentação
  • Uso de medicamentos
  • Candidíase e outras infecções
  • Uso de pílula anticoncepcional
  • Falta de excitação

Por isso, antes de se perguntar como aumentar a lubrificação feminina, é importante identificar o que causa o problema. No entanto, normalmente, ele está diretamente relacionado aos hormônios produzidos.

É por isso que o tratamento com medicamentos estrógenos é recomendado. Isso pode ser feito sob a forma de creme, pílula, gel e até mesmo supositórios. Todas as formas ajuda a aumentar a lubrificação vaginal.

Vale lembrar ainda que o mais importante é procurar a orientação médica. Isso porque para que se possa tratar o problema, é preciso primeiramente identificar a causa do mesmo.

Como aumentar a lubrificação feminina com os alimentos?

Muitas pessoas não gostam de recorrer logo a medicamentos e por isso se perguntam como aumentar a lubrificação feminina com alimentos. Pois bem, primeiramente é preciso entender como tudo funciona.

Para começar, o nosso sistema nervoso central é ativado quando a circulação aumenta. Lá ele altera a libido, favorecendo a sensação do prazer, a produção de hormônios sexuais e, claro, a lubrificação feminina.

Por isso, é importante comer alimentos que possam ajudar a favorecer o bom funcionamento do organismo e sistema circulatório, tais como:

  • Banana: essa fruta contém magnésio, o que ajuda a aumentar a lubrificação
  • Alho: o alho ajuda a promover uma melhora e aumento da circulação
  • Frutos do mar: por possuírem zinco, eles aumentar a produção de secreções. A consequência é um aumento da lubrificação.
  • Aspargos: possui vitamina B3, que eleva o fluxo sanguíneo da região genital e aumenta a lubrificação.
  • Chocolate: atua indiretamente pois aumenta a sensação de bem-estar e prazer. Com isso, aumenta a libido.

 

Como aumentar a lubrificação feminina com remédios caseiros?

uma mulher realizando um banho de assento

A natureza possui uma série de recursos que podem ser utilizados em benefício as saúde. Por isso, se a dúvida é como aumentar a lubrificação feminina, uma boa resposta pode ser: com o uso de remédios caseiros. Então, veja algumas opções:

  • Banho de assento com camomila: possui propriedades calmantes que atuam contra essa irregularidade. Além disso, tem ação anti-inflamatória que ajuda a acalmar em casos de irritação.
  • Cúrcuma: possui ação antibacteriana e ajuda a melhorar o fluxo vaginal. Ajuda quando s secura é causada por infecção viral. Para obter o benefício, basta consumi-lo de forma regular.
  • Babosa: o gel extraído da planta é um hidratante natural que ajuda a recuperar o pH vaginal.
  • Valeriana: a infusão dessa planta é famosa pelo seu efeito sedante. Por isso ajuda na diminuição do estresse que influencia no estado físico e emocional.
  • Calêndula e malva: por possuir propriedades antibacterianas, ela atua no combate a infecções que podem levar à secura vaginal.
  • Óleo de gergelim: pode funcionar como um lubrificante natural, sendo bastante seguro na regulação da área vaginal. Para isso, basta aplica-lo diretamente na região afetada com um pedaço de algodão por uma semana.

Dicas

Certamente todas as mulheres já se perguntaram como aumentar a lubrificação vaginal em algum momento da sua vida. Além de medicamentos, remédios caseiros e alimentos, existem ainda algumas dicas que podem ser seguidas para ajudar nesses casos. Veja algumas dicas de como aumentar a lubrificação feminina.

  • Pratica de pompoarismo: conhecido como ginástica íntima, essa técnica pode ajudar a aumentar a lubrificação feminina. Isso porque ela estimula a circulação sanguínea na região.
  • Diminuir o uso de sabonetes íntimos: uma boa higiene íntima é essencial, mas que já sobre com falta de lubrificação deve cuidar com o excesso no uso de sabonetes íntimos. Eles podem causar um desequilíbrio do pH vaginal e ressecar a área.
  • Diminuir o consumo de bebidas alcoólicas e café: devem ser evitados pois levam à desidratação do organismo, influenciando a produção de fluidos naturais.
  • Relaxar mais: a produção de lubrificação natural está diretamente associada com o relaxamento no momento da relação sexual. É importante estar focada no momento e permitir-se ter prazer com o parceiro. O estresse é muito prejudicial para a lubrificação intima.
  • Usar lubrificantes artificiais: a lubrificação natural é importante em diversos aspectos da saúde íntima feminina. No entanto, nada impede o uso de lubrificantes artificiais para uma vida sexual mais saudável. Prefira os que são à base de água.
mulher frustada e querendo saber como aumentar a lubrificação feminina

A lubrificação em excesso também pode ser algo frustante…

Como diminuir a lubrificação em excesso?

Enquanto muita gente se pergunta como aumentar a lubrificação feminina, há quem se questione como diminuir a mesma. Embora possa parecer que a lubrificação extra é favorável, é preciso lembrar que todo o excesso é prejudicial. Por isso, nem lubrificação demais, nem de menos!

Primeiramente é preciso explicar que não há uma fórmula mágica para acabar com o excesso. No entanto, existe a possibilidade de encontrar um tratamento adequado e melhorar o problema. Sendo assim, o mais importante de tudo é contar com a ajuda de um profissional para identificar a causa do problema.

Pergunta dos leitores

A falta de lubrificação feminina é causada pelo anticoncepcional?

Em alguns casos, o uso de pílula anticoncepcional de baixa dosagem hormonal pode influenciar negativamente a lubrificação vaginal. Isso pode acontecer por questões hormonais ou até mesmo pela falta de libido que alguns medicamentos causam.

É normal ter a lubrificação feminina esbranquiçada?

Durante uma relação sexual, a mulher pode liberar mais de um tipo de substância. Normalmente essa que possui uma coloração mais esbranquiçada é considerada uma ejaculação feminina. Esse fluido tende a ser em pouca quantidade, espeço e esbranquiçado, especialmente depois de seco.

O que se presume é que ele seja produzido pela glândula Skene, conhecida como a próstata feminina. Além disso, esse fluido esbranquiçado pode ser resultado de um corrimento e, nesse caso, é importante investigar se a causa não é algum tipo de infecção vaginal.

Pronto, agora você já sabe como aumentar a lubrificação feminina, melhorar a circulação na região e ter uma vida íntima mais saudável e prazerosa. Aproveite essas dicas!