Dinâmicas para Crianças – Melhores Dinâmicas Evangélicas Para Fazer!

As dinâmicas para crianças tem um papel essencial no processo de aprendizagem e desenvolvimento dos pequenos. Elas funcionam como um suporte que auxilia no desenvolvimento cognitivo, motor e psicológico das crianças.

É muito importante que as crianças sejam estimuladas com dinâmicas. O lúdico traz a elas mais conhecimentos, maior habilidade de se relacionar e outros benefícios.

Como realizar uma dinâmica?

As dinâmicas para crianças seguem a premissa de possibilitar uma experiência lúdica de coletividade. Ou seja, as atividades devem priorizar, entre outras coisas, o relacionamento interpessoal – isso ajuda muito no desenvolvimento dos pequenos.


As dinâmicas para crianças também devem ser diferentes de brincadeiras ou apenas passatempo. Elas tem de ter um objetivo a ser cumprido, que tragam novos conhecimentos ou habilidades aos participantes.

Outro fator importante nas dinâmicas para crianças é que elas devem ter um objetivo definido. Além disso, o tempo em que acontece é importante – ou seja, deve ter hora para começar e terminar. Isso dá noção de disciplina para a garotada.

Também é de extrema importância que o educador – quem comanda o exercício – tenha a perspicácia se a dinâmica está ocorrendo da forma como foi planejada. Deve, por exemplo, perceber se todas as crianças estão envolvidas, se há interação entre elas e se o objetivo está sendo cumprido – caso contrário, deverá fazer mudanças rápidas nesse processo.

O momento em que as dinâmicas para crianças acontecem também são um ponto chave para elas fazerem sentido educativo. Pode-se, por exemplo, realizar uma atividade no primeiro dia de aula, para “quebrar o gelo”. Ainda podem ser feitas em momentos que antecedem eventos importantes, como forma de acalmar a turma.

Outro ponto antes de planejar as dinâmicas para crianças é observar o espaço que se tem à disposição. Por exemplo, se o espaço for pequeno, ficará complicado realizar atividades que separem as crianças em grupo. Já se o espaço for muito grande pode se tornar difícil dinâmicas que visem a aproximação entre os pequenos. É importante avaliar isso também, pois você pode perceber que a atividade não poderá ser plenamente feita só na hora.

duas crianças fazendo dinamica

Onde realizar?

Se as dinâmicas para crianças são escolares, elas podem ser realizadas na sala mesmo. Ou então no pátio ou algum espaço disponível para isso.

Já em outros locais, busque por um lugar tranquilo para realizar a dinâmica, com espaço suficiente para as crianças se movimentarem e circularem. Também é importante que o local não seja visualmente poluído, com pouco iluminação ou ventilação – esses problemas causam desconforto a todos e podem interferir no bom andamento da atividade.

Dinâmicas para crianças

A seguir você confere a dica de 4 dinâmicas para crianças, que vão entreter e irá trabalhar diversos sentidos:

  • Qual o cheiro?

Idade: a partir de 8 anos

Sexo: meninos e meninas

Objetivo da dinâmica: desenvolver o olfato

Nessa dinâmica você vai providenciais perfumes, cremes, frutas e quaisquer outros materiais que tenham cheiros marcantes. Em seguida forme um círculo com as crianças, sendo que um dos participantes será escolhido para ficar no centro, com os olhos tampados.

O adulto que aplica a dinâmica oferecerá ao aluno do centro do círculo algo para ele cheirar – sem que a criança pegue no objeto. O participante, então, deverá descobrir que aroma está sentido. O mesmo participante vai sentindo o cheiro das coisas até errar ou não saber – quando isso acontecer ele escolhe outra criança para ficar no seu lugar.

  • Gato e cachorro cegos

Idade: a partir dos 6 anos

Sexo: meninos e meninas

Objetivo da dinâmica: estimular a atenção e audição

O educador disporá os alunos em círculo, sendo que dois deles irão para o centro. Um participante será o gato e o outro participante fará o papel do cachorro.

Em seguida, as duas crianças do centro do círculo têm os olhos vendados. Quando uma das crianças, indicada pelo educador miar, quem representa o gato deve pegá-la. O mesmo vale para o cachorro.

Quando as crianças acertam elas estão livres da venda e quem foi “descoberto” vai para o centro do círculo tentar adivinhar quem é o gato ou o cachorro.

Outras dinâmicas para crianças

uma dinamica para criança sendo feita

Confira a seguir outras 2 dinâmicas para crianças para entreter a garotada:

  • Tocando o cego

Idade: indiferente

Sexo: meninos e meninas

Objetivo da dinâmica: desenvolver a perspicácia da criança o ambiente

Coloque os alunos sentados formando um círculo.  No centro, uma das crianças ficará com os  olhos vendados. Uma das que estão no círculo deverá se levantar. A criança vendada, então, andará pelo círculo e tentará perceber quem está em pé, fazendo-a sentar. OBS: não se pode tocar nos participantes.

Essa atividade é interessante, pois a criança desenvolve a habilidade de sentir, sem ver, que algo está fora do local – será muito importante para desenvolver o seu senso de perspicácia, sem depender da visão.

Caso a criança não consiga cumprir a tarefa, ela vai para o círculo. Caso ela perceba quem está de pé, a criança “descoberta” vai para o meio do círculo e a dinâmica continua até o tempo estimulado.

  • Com quem está a bola?

Idade: a partir dos 9 anos

Sexo: meninos e meninas

Objetivos da dinâmica: desenvolver a atenção e a perspicácia

Organize as crianças em um grande círculo, sendo que elas devem ficar com as pernas cruzadas. Um participante vai para o centro da roda com os olhos vendados. As crianças vão passando a bola uma para a outra.

Então, quem comanda a atividade dá um sinal e quem está com a bola a esconde, colocando-a para trás do corpo. As outras fazem a mesma coisa, como se tivessem com a bola. O aluno do centro é desvendado e deverá indicar quem realmente está com a bola atrás do corpo.

Dinâmicas para criancinhas evangélicas

crianças realizando uma dinamica

  • Anjinhos e diabinhos:  para essa dinâmica é necessário um espaço grande e sem obstáculos para as crianças não se machucaram, pois elas irão correr. Separe o grupo em duas turmas: os anjinhos e os diabinhos.

Um local deverá ser providenciado e representará o Céu, onde ficarão os anjinhos. Em determinado momento uma música gospel deverá começar a tocar baixinho e os anjinhos deverão sair para passear calmamente.

Assim que a música aumentar, os diabinhos saem todos para tentar capturar os anjinhos. Os anjinhos deverão fugir e se proteger no local considerado o Céu – nesse lugar, o diabinho não pode pegar o anjinho.

O anjinho que for pego por um diabinho vira um deles. O último anjinho que sobrar é o vencedor da atividade.

  • Joio e trigo

Essa dinâmica é baseada na Parábola do Joio e do Trigo: providencie punhados de chá mate e pergunte as crianças se os grãozinhos são iguais ou diferentes. Provavelmente elas responderão que são todos iguais.

Porém, dê um punhado para cada uma e peça que elas comecem a separá-los por tamanhos. Elas perceberão que os grãos, então, são semelhantes, mas não iguais.

Tal dinâmica ensina de forma lúdica como é difícil separar o joio do trigo – conforme a Parábola da Bíblia; Explique isso às crianças ao final da atividade.

Dinâmicas engraçadas

Dinâmicas para Crianças

Que tal divertir um pouco a criançada com dinâmicas engraçadas? Confira 2 delas:

  • Jogo do Pum: Faça um círculo com as crianças sentadas. Em seguida numere-as. A criança com o último número deverá falar alto Pum e tomar o lugar da primeira. A nova criança que passa a representar o último número deverá igualmente falar alto Pum e ir para o primeiro local do círculo.

A criança que demorar para falar ou não tomar o local do número um deixa o jogo. Os dois últimos que restarem são os vencedores.

  •  Elefante que voa: Organize as crianças sentadas em forma de círculo. O adulto que comenda a brincadeira deve perguntar se determinado animal voa. Se sim, as crianças responde Sim e fazem o movimento de voar com os braços.

Conforme a dinâmica vai acontecendo, quem comanda vai falando o nome dos animais mais rapidamente. Quem erra vai deixando a brincadeira. O último que sobrar é o campeão!

Dinâmicas para sala de aula

Veja a seguir boas idéias de dinâmicas para a sala de aula. Elas desenvolverão diversas habilidades de criança e necessitam de pouco espaço físico:

  • Estalo

Objetivo da dinâmica: estimular a coordenação motora, atenção e ritmo

Disponha os alunos em círculos, numerando-os. As crianças deverão iniciar a dinâmica batendo palma por duas vezes e estalando os dedos uma vez com a mão direita e depois com a esquerda.

Ao estalar o dedo com a mão direita, o aluno deve dizer o seu número e ao estalar o dedo com a mão esquerda, deverá dizer o número de outro colega. Esse outro colega fará a mesma coisa.

Os alunos que foram errando estarão fora da dinâmica. O último que sobrar será quem vencerá o jogo!

  • Garrafa

Objetivo da dinâmica: estimular a imaginação.

Faça um círculo na sala com os alunos. No centro o professor coloca uma garrafa e a gira.

A tampa da garrafa apontará, então, para uma aluno. Este, por sua vez, deverá ir até o centro e escolher um colega para desempenhar alguma tarefa, como: virar estrela, imitar um animal, etc. OBS: o professor só deve se atentar para que os alunos não sejam expostos a situações degradantes ao humilhantes durante a dinâmica.