O Que São Drogas Lícitas e Ilícitas? Quais Suas Consequências?

Você sabia que existem drogas lícitas e ilícitas? Muito se fala sobre drogas e o seu efeito na sociedade atualmente. No entanto, é sempre importante refletir e entender o que de fato é droga.

Isso porque o termo é mais comumente usado para os produtos ilícitos, porém, o consumo de drogas lícitas pode ser um problema de saúde e superar o consumo da outra.

Então, para saber um pouco mais sobre drogas lícitas e ilícitas, continue lendo e descura tudo o que você precisa saber sobre o assunto. Vamos lá?!

O que são drogas lícitas e ilícitas?

As drogas nada mais são do que substâncias sintéticas ou naturais que apresentam capacidade de modificar o funcionamento do organismo. Elas são divididas basicamente em dois grandes grupos que são as drogas lícitas e ilícitas, segundo critério de lei.


As drogas lícitas, então, são aquelas que foram legalizadas. Assim, podem ser produzidas e comercializadas livremente, sendo aceitas pela sociedade. Dentre elas, os dois principais exemplos que podemos citar são o cigarro e o álcool.

Já as substâncias como heroína, crack e maconha são consideradas drogas ilícitas. Isso quer dizer que, pela lei, sua comercialização é proibida e elas não são socialmente aceitas.

Vale lembrara ainda embora sejam lícitas, não significa que essas drogas não são ameaçadoras. De acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde), as drogas lícitas representa cerca de 0,8% dos problemas de saúde do mundo inteiro. Somente o álcool e o cigarro juntos representam 8,1% do mesmo.

algumas drogas licitas

Consequências das drogas lícitas e ilícitas

De uma forma individual, as drogas lícitas e ilícitas podem prejudicar a vida de uma pessoa. O uso das mesmas pode influenciar no trabalho, prejudicar a saúde, comprometer as relações com familiares e amigos e também no livre arbítrio.

Já de uma forma social, as drogas lícitas e ilícitas atuam gerando uma interferência negativa. Isso porque afetam a saúde pública, prejudicam a segurança pública de uma forma geral e geram problemas na economia e renda.

Por isso é importante entender o que, de fato, são drogas lícitas e ilícitas e o prejuízo que podem causar para a sociedade como um todo.

Tipos de drogas

Como já foi dito, de acordo com o critério da lei, existem basicamente 2 tipos de drogas: as drogas lícitas e ilícitas! As drogas lícitas são aquelas que podem ser livremente produzidas e comercializadas, tais como cigarro e bebidas alcoólicas. As ilícita são as que possuem comercialização proibida, tais como maconha, crack, ecstasy e etc.

Os principais tipos de drogas que podemos encontrar são os seguintes:

  • Drogas naturais: são plantas naturais que não passam por processos químicos. Um exemplo é o ópio, extraído da flor de papoula e a maconha, que vem da planta cannabis sativa.
  • Drogas sintéticas: são drogas produzidas de forma completamente artificial através de reações químicas de laboratório. Podemos citar como exemplo a metanfetamina, o LSD e o ecstasy.
  • Drogas semi-sintéticas: são produtos naturais que passam pro processos químicos, como refinamento, por exemplo. Podem ser citadas a heroína, o crack e a cocaína.

As drogas ainda podem ser classificadas como depressoras, estimulantes ou perturbadoras. Essa classificação varia de acordo com o seu efeito no sistema nervoso central.

Drogas ilícitas mais usadas

Como já se pode facilmente imaginar, o número de drogas lícitas e ilícitas que existe é muito grande. Dentre as drogas ilícitas mais utilizadas podemos citar as seguintes:

Inalantes ou solventes

Os inalantes são usado desde os anos 70 como alucinógenos de fácil acesso. Os mais comuns entre eles são aerossóis, cola, removedores de esmalte e tintas. Seus principais efeitos são tontura, euforia e perturbação auditiva seguidos por depressão contínua.

Cogumelos alucinógenos

Embora tenham sido descobertos há muito tempo, vem sendo cada vez mais utilizados. Provocam alucinações semelhantes ao LSD

Metadona

Esse é um medicamento derivado do ópio que pode ser medicamente prescrito para quem é viciado em heroína ou morfina. Possui ação analgésica e o risco de dependência é baixo de houver acompanhamento médico.

Benzodiazepínico

algumas Drogas Lícitas e Ilícitas

Drogas com efeitos tranquilizantes mais brandos que proporciona relaxamento. Como consequência do uso pode haver náusea, tremores, depressão e alterações visuais.

LSD

Descoberto ainda em 1938 essa droga ilícita possui grande pode alucinógeno. Os principais efeitos são alucinações e paranoia, visão e audição aguçados, alterações nas sensações físicas e pânico. Somente uma pequena quantidade já pode produzir efeitos bem intensos.

Anfetaminas

Utilizadas medicamente no tratamento de hiperatividade e diminuição do apetite. Porém, causa a estimulação da seratonina e dopamina. Por isso, provoca bem-estar, bom humor, alegria intensa e alívio do cansaço.

Êxtase

A “droga sintética do amor” promove sensação de felicidade, relaxamento e amor. O consumo é feito em pó por via oral.

Cocaína

Obtida através da planta Coca, originária da América do Sul, era utilizada por índios. Eles mastigavam suas folhas para obter efeito anestésico e diminuição do apetite.

Crack

homem usando crack

Uma das drogas mais utilizadas nas ruas e em locais de baixa renda. Sua matéria prima é a cocaína combinada com outras substâncias. Seu efeito é forte mas dura pouco, deixando o usuário rapidamente viciado.

Maconha

Mundialmente conhecido e cultivada há milhares de anos. É muito popular entre celebridades e possui efeitos psicodélicos e psicoativos.

Drogas lícitas mais usadas

O número de drogas lícitas, por sua vez, também é bastante grande. Dentre elas, as mais consumidas são:

  • Álcool
  • Tabaco (cigarro)
  • Benzodiazepínicos, que são medicamentos para a diminuição da ansiedade e indução do sono
  • Xaropes que podem conter substâncias como a codeína, que é um derivado do ópio
  • Anorexígenos que promovem a diminuição do peso e controle do apetite
  • Suplementos alimentares que são utilizados no uso de aumento de massa muscular.

Pergunta dos leitores

O cigarro é uma droga lícita?

Sim, o tabaco é considerada uma droga lícita de uso recreativo. No entanto, o consumo do mesmo representa um grande problema de saúde pública. Em um estudo recente, a mortalidade em decorrência do cigarro bate o número de 130 mil por ano, que corresponde a 350 por dia.

Pronto, agora você já sabe um pouco mais sobre as drogas lícitas e ilícitas, seus efeitos e quais são as mais utilizadas. Aproveite essas informações!