TPM – O Que é? O Que Significa? Quais os Sintomas? Tem Tratamento?

Para muitas mulheres, a TPM é algo que chega sem aviso e faz um grande estrago. A maioria nem sabe dizer quando sua TPM começa e as vezes, não se da conta que ela é o motivo das suas mudanças naquela semana.

O fato é que esse é, realmente, um período complicado e que tem seus segredos. Então, passa saber um pouco mais, continue lendo e descubra tudo o que você precisa saber sobre ele. Vamos lá?!


O que é TPM?

A TPM, também conhecida como Síndrome pré-menstrual, nada mais é do que um período do ciclo que acontece antes da menstruação. É nesse intervalo de tempo que os sintomas físicos e psicológicos se apresentam. Normalmente eles desaparecem logo no primeiro dia do ciclo menstrual. No entanto, para algumas mulheres, a TPM só termina junto ao fim do fluxo.

Quais os sintomas da TPM?

Os sintomas da TPM podem variar muito e uma mulher para a outra. Além disso, podem ir desde sintomas físicos até emocionais, levando a um grande desconforto e diversos sentidos. Veja a seguir os sintomas característicos desse período:

Sintomas físicos:

  • Dores nas pernas
  • Dor de cabeça
  • Acne
  • Elevação do peso corporal
  • Mamas inchadas
  • Distensão gasosa
  • Dores osteomusculares

Sintomas emocionais:

  • Depressão
  • Ansiedade
  • Irritação
  • Vontade de chorar
  • Insônia
  • Falta de apetite ou fome excessiva
  • Sensação de sonolência
  • Dificuldade de se concentrar
  • Cansaço

Obviamente, não é necessário que ocorram todos esses sintomas para que se caracterize a TPM. Vale lembrar ainda que eles devem desaparecer logo que se inicie o fluxo para que possam ser considerados síndrome pré-menstrual

mulher com tpm

Quais as causas?

O ciclo menstrual possui 28 dias, nos quais o corpo sofre diferentes alterações. Tudo para preparar o útero para receber um bebê. Nos primeiros 14 dias dele, ocorre a ovulação, decorrente do aumento dos níveis de estrógeno. é esse o hormônio responsável pelo aumente do bem-estar.

Já nos 14 dias demais, a parede do útero engrossa, preparando o ambiente para o bebê. Ocorre então a queda dos níveis de estrógeno e aumento dos níveis de progesterona.

Quando essa mudança ocorre de maneira repentina, ocorre uma série de sintomas. Eles podem ser alterações de humor, ansiedade, dores, entre outros.

Depois desses 2 períodos de 14 dias, o endométrio passa por um processo de descamação. A eliminação disso é que conhecemos como menstruação. Com ele, ocorra mais uma queda no níveis hormonais, só que agora na progesterona e no estrógeno juntos. É por isso que certas mulheres sentem sintomas ainda mais intensos durante o período menstrual.

Dessa forma, a TPM nada mais é do que a consequência de um processo hormonal natural do corpo feminino.

Tipos de TPM

Muita gente não sabe, mas existem diferentes tipos. Isso porque nem todas as mulheres sentem a mesma coisa durante o período. De fato, as sensações são tantas e tão variadas que a medicina conseguiu separar essa tensão pré-menstrual em 5 diferentes tipos, que são:

TPM A

Esse tipo de TPM é aquele que tem mais relação com a ansiedade. O hormônio estrogênio ajuda a diminuir o estresse e nesse período ele está em queda. Há ainda uma maior liberação de cortisol e adrenalina. contribuindo para o aumento do estresse. Os sintomas mais comuns são:

  • Ansiedade
  • Tensão
  • Irritação
  • Insônia
  • Mudanças de humor

Em certos casos, pode ocorrer desatenção e a pessoa se sentir atrapalhada, esbarrando em objetos e derrubando coisas.

TPM C

Esse é o tipo no qual ocorre, principalmente, a compulsão alimentar. Sua classificação é “C” porque se origina do inglês “craving”, que significa desejo. Os sintomas mais comuns são:

  • Compulsão por alimentos salgados ou doces
  • Aumento no desejo por guloseimas ou comidas diferentes
  • Dor de cabeça

O tipo C tem relação direta com os mecanismos de recompensa do cérebro. Isso ocorre por causa de uma reação exagerada no cérebro, devido à alteração hormonal.

TPM D

Esse é o tipo que tem mais relação aos sintomas depressivos. Os principais deles são:

  • Sentimentos considerados perturbadores
  • Raiva sem motivo
  • Dificuldade de concentração
  • Baixa autoestima
  • Sentimentos violentos
  • Lapsos na memoria

Normalmente, essas sensações são causadas pela diminuição da serotonina no organismo. Além disso, é uma reação exagerada ás mudanças hormonais.

TPM H

tpm supositórios

O “H” desse tipo tem a ver com “hidratação”. Por isso é que ela está ligada principalmente a retenção de líquidos e as consequências decorrentes disso. Os principais sintomas são:

  • Aumento de peso, causado pela retenção de líquidos
  • Inchaço na região abdominal
  • Inchaço e sensibilidade nas mamas
  • Inchaço nas extremidades do corpo, tais como pés e mãos

TPM O

O tipo “O” é, basicamente, de “outros. Isso porque existem diversos outros sintomas que poder ser relacionados à TPM> Assim, eles foram agrupados nessa categoria e podem ser:

  • Alteração a função intestinal
  • Maior frequência urinária
  • Sudorese fria
  • Ondas e calor
  • Náusea
  • Acne
  • Dores generalizadas, incluindo cólica
  • Reações alérgicas
  • Infecções no trato respiratório

Quanto tempo dura os sintomas?

O tempo de duração varia muito de uma mulher para outra. No entanto, algumas mulheres começam a sentir alguns sintomas, tal como irritação ou inchaço até 10 dias antes da menstruação. Já outras, só sentem os sintomas alguns dias antes.

Além disso, normalmente, a TPM termina quando a menstruação desce. Porém, em algumas mulheres, esses sintomas se prolongam por mais alguns dias.

Quais os tratamentos da TPM?

O fato é que não existe apenas um tratamento ou remédio que possa servir para todas as mulheres que sofrem com a TPM. No entanto, existem tratamentos que podem ser realizados para tratar os sintomas específicos de cada uma. Veja quais os tratamentos funcionam melhor com cada tipo de TPM:

  • TPM A: a prática de atividades físicas e uma boa dieta ajuda a aliviar o estresse e a ansiedade. Isso porque libera o hormônio do prazer, chamado endorfina. Já para os casos mais severos, pode-se fazer uso de ansiolíticos, de acordo com a recomendação do médico.
  • TPM C: a primeira coisa é fazer escolhas alimentares mais saudáveis. Isso pode ser aliado pratica de atividade física, que ainda ajuda a amenizar as dores de cabeça. Lembre-se que uma dieta rica em ômega-3 ajuda a controlar a compulsão. Já o uso de topiramato pode ser utilizado para prevenir crises de enxaqueca.
  • TPM D: no caso de sintomas mais profundos de depressão, podem ser utilizados antidepressivos. No entanto, no geral, os sintomas são controláveis através de atividade física, dieta balanceada e corte de vícios como tabaco e álcool.
  • TPM H: em certos casos, pode ser recomendado o uso de diuréticos para o combate à retenção hídrica. No entanto, o mais importante é diminuir os alimentos que favorecem essa retenção, tais como cafeína e sal.
  • TPM O: nesses casos, é importante ver quais são os sintomas e determinar um tratamento específico para eles.

Possíveis complicações

mulher sofrendo com os sintomas da TPM

Existem mulheres que sofrem com sintomas extremamente fortes na TPM. De tão intensos, eles podem ate se tornar incapacitantes. Nesses casos, a TPM recebe a classificação de desordem disfórica pré-menstrual.

Vale lembrar que ocorrem casos em que a mulher sequer consegue levantar da cama por causa da dor. Para esses casos, é recomendado um acompanhamento médico especial e bem de perto. É recomendado também o uso de medicamentos específicos para o controle dos sintomas.

Como conviver com a TPM

Um dos primeiros passos para administrar uma TPM é a manutenção de um diário menstrual. Nele, deve-se anotar os tipos de sintomas sentidos, o dia da menstruação e também o dia da ovulação. Com isso, é possível identificar com antecedência as etapas do ciclo e lidar melhor com os sintomas.

Caso seja exageradamente intensa, é fundamental procurar um profissional para ajudar no tratamento. Além disso, existem algumas dicas que podem ser seguidas a fim de melhor a convivência com esses sintomas, tais como adotar hábitos saudáveis. Veja:

  • Praticar ao menos 2 horas de exercícios moderados por semana
  • Assumir uma dieta equilibrada e balanceada, incluindo grãos integrais, legumes, frutas e baixo teor de gordura e laticínios
  • Limitar o consumo de chocolate, álcool, cafeína e sal
  • Considerar a possibilidade de realizar suplementação com vitaminas
  • Evitar o tabagismo

Pergunta dos leitores

Qual o significado de TPM?

A TPM nada mais é do que a sigla para Tensão Pré-Menstrual. Ela se refere à sintomas psíquicos e físicos que se manifestam nas mulheres nos dias prévios à menstruação.

Existe TPM em homens?

Um estudo realizado por Gerald Lincol, do Conselho de Pesquisa Médica da Escócia sugere que sim, a TPM masculina pode existem. No entanto, ela é denominada como SHI, que é a Síndrome do Homem Irritável.

Os sintomas da TPM ocorrem durante a menstruação?

A TPM pode iniciar até 10 dias antes do período menstrual e deve acabar no primeiro dia de sangramento. No entanto, em algumas mulheres ela pode se estender durante a menstruação. Se persistir, é importante procurar acompanhamento médico.